As Pessoas são Diferentes

As Pessoas são Diferentes

Nesta pandemia, trancafiadas em casa, as pessoas não tiveram outra alternativa senão frequentarem com maior assiduidade as redes sociais. Lá, além dos shows maravilhosos com que fomos presenteados, vimos multiplicares as LIVES de “anônimos”. As pessoas passaram a se mostrar muito mais nas redes sociais. Essa foi a alternativa de relacionamento encontrada sem sair de casa.

Interessante notar que encontramos LIVES dos mais diversos assuntos, cada um destacando a importância do seu assunto, produto ou serviço, donde podemos concluir que AS PESSOAS SÃO DIFERENTES.

Nenhum é melhor nem pior do que o outro, não é esse o objetivo da análise. A análise é da valoração diferente das pessoas para as mesmas coisas.

Por exemplo: eu nunca gostei de utilizar maquiagem. Utilizo quando entendo que a ocasião exige. São muitas LIVES ensinando a maquiar e com enorme público. A maioria das mulheres, porém, entende que maquiagem é fundamental.

Por outro lado, sou apaixonada por roupas, e de qualidade. Não consigo utilizar nem em casa uma roupa com bolinha ou manchinha, furinho, … Na primeira vez que olho torto para a peça, ela vai para doação. Logo, para mim, vestuário é mais essencial que maquiagem.

O que quero dizer é que a essencialidade depende do valor que cada qual atribui para o bem em si, para o uso que faz daquilo.

Existe a turma da terapia alternativa – e aí existem muitas que nem sei nominar. A turma das dietas de todo o tipo – lowcarb, dieta equilibrada, etc. A turma dos religiosos. Comecei receber convites para salas com cultos religiosos. E por aí vai – muitas turmas e cada um encontrando a sua nas diversas LIVES por aí.

Enfim, nem tudo que uma pessoa valoriza, a outra também valoriza. A essencialidade vai depender dos hábitos e valores pessoais. E há espaço para tantas pessoas, opiniões e profissões diferentes na mesma comunidade.

Na internet, todos podemos ser essenciais, fazer nossas LIVES, conectar ao nosso público, etc. Precisamos somente nos respeitar. Hoje temos um vírus que veio nos mostrar que estamos aqui na mesma sociedade e que a atitude de um afeta a vida do outro. Isso não ocorre somente no mundo real. As atitudes no mundo virtual também afetam a vida alheia e de forma potencializada. Respeito ao próximo é fundamental e não sai de moda.

Share this post

Comments (2)

  • sikis izle Reply

    Time marches on and so do we. Before we know it, we are older and so are our parents or loved ones. Merla Wiatt Shanna

    14 de novembro de 2020 at 09:19
  • Viviane Moreno Reply

    Sikis Izle. The life goes on. That’s why I think the most important thing in life is to love each other no matter different opinions.

    9 de dezembro de 2020 at 16:53

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


× Fale Conosco